Looks para não torrar no parque

Esse post é um irmãozinho do Looks para não torrar na praia, porém sem os biquínis rsrs.

Pensei neles porque eu fui passear num parque hoje à tarde, mas mesmo passando protetor solar, deu aquela queimadinha básica na hora de andar no sol. Por isso resolvi compartilhar minha frescura umas dicas com vocês.

Look to go to the park

<br/>

Os macetes aqui são simples:

  • Roupas frescas e confortáveis (estou supondo que você vai andar no sol pelo menos um pouco, antes de sentar embaixo de alguma árvore). Então são tecidos médios a leves, modelagem mais soltinha e comprimentos um pouco menores.
  • Calçado confortável. Novamente, supondo que você vai andar um pouco por aí (sugiro tirá-los na hora de andar na grama, é muito bom pra vida).
  • Lenço leve, para proteger braços e ombros do sol. Desta vez não coloquei chapéus e óculos escuros, mas estes acessórios valem aqui também.

Bom passeio!

Looks para não torrar na praia

Se você é fresca precavida como eu, e não gosta de pegar sol demais na praia, estes looks são pra você!

Frescos, bonitos e anti sol do meio dia, eles fazem uma frente no quesito “gosto de praia, mas não quero ficar bronzeada”.

Sem contar que são lindos para dar um rolê depois 😉

Beach Looks

<br/>

Os truques aqui são: Chapéu (sempre), óculos escuros (óbvio) e blusas fresquinhas com mangas, pra não salpicar os braços, costas e peito.

Prontinho! Look pronto pra não torrar na praia 🙂

Desafio – Combinação para o natal

Se você fica super empolgada com o natal, esse post é pra você!

As cores mais vistas no natal (verde e vermelho), são lindas…na decoração. Pra combinar roupas, à primeira vista não é tão legal assim. Mas é possível vestir as cores de natal, quer ver como?

Spoiler alert: Este é um desafio nível HARD hahaha mas não é impossível 😉

Christmas set

<br/>

Christmas set 2

<br/>

Bom,  o truque em todas em combinações é simples: estampa. As blusas estampadas quebram um pouco o bloco maciço de cores – no caso, verde com vermelho – suavizando a combinação. Se tiver a cor da peça de baixo na estampa, melhor ainda, que daí fica mais fácil combinar. No mais, acessórios de cor neutra e voilá, você está pronta pro natal sem parecer um pinheirinho rs 😛

 

Legging: Como vestir esta famigerada peça

legging

 

Ok, tá todo mundo (no universo feminino, pelo menos) careca de saber que a legging há muito migrou da academia para tudo quanto é tipo de uso, e isso é legal…até certo ponto.

PORQUE: A ampliação de modelos, locais e ocasiões onde ela é usada trouxe um momento de alívio no dia a dia da mulherada. Massss, nem todo local é local e nem toda é legging é legal. E deixo bem claro, isso é opinião MINHA, se você discorda tá ok, não vou te julgar por isso rs.

Então, onde é legal usar uma legging (supondo que você não está fazendo exercícios físicos):

– Em momentos de lazer: Ok, um cinema, uma volta no parque da cidade, até um almoço com os amigos vai. Dependendo do modelo e de como você combinou as peças – logo eu chego nessa parte!

– Na balada: Mesmo esquema dos momentos de lazer.

– No trabalho: Aqui chegamos em um momento espinhoso. Usar ou não no trabalho? Depende. Se você não trabalha com Educação Física, eu diria que tem sim alguns momentos onde a legging pode ser usada. Por exemplo, se você trabalha em um serviço pesado, como na produção de uma fábrica, em um serviço de limpeza ou algo do gênero, eu não vejo problema em usar uma legging. Desde que você tome os cuidados que descreverei abaixo:

– Tecido: Muita atenção ao tecido da legging! Tecido grosso e encorpado=Ok. Tecido fino que mostra a cor da calcinha, as celulites e a alma=não legal. Na dúvida, SEMPRE vire no espelho pra ver seu bumbum, a legging não deveria ser transparente nem ficar enterrada nas nádegas.

Aliás, olhar como a roupa fica atrás de você na hora de comprar e vestir é básico né, é bom para evitar desastres…hahaha

Cores: Olha, não vou dizer que não existe legging de cor clara que fique boa no corpo. Tem muita roupa por aí rs. Mas a probabilidade é mínima. Então não recomendo!

Proporção: A legging é uma peça justa ao corpo. Então o equilíbrio básico de proporção é vestir uma peça larguinha em cima – eu sempre recomendo uma que cubra o bumbum. Não que não possa combinar com outra peça ajustada, mas…quer acertar sem muito esforço? Vai na proporção básica que você ganha mais.

Observação: Vai usar para trabalhar? Use a proporção básica. Tem muita empresa que é contra o uso da legging por ser uma peça justa, e ainda com uma blusa justa você pode fazer cair a produtividade masculina hahaha é sério! Pra não levar um pito do chefe, usa mas não abusa tá? 😉

unnamed

 

Conjunto 01: Casual. Legging + camisa jeans + sapatilha

Conjunto 02: Balada. Legging + blusa de chiffon + sandália

Conjunto 03: Trabalho bruto. Legging + camiseta + tênis

Dúvidas? Já sabe né, só perguntar 🙂

 

Estilo Geek: Como incorporar na roupa de trabalho

estilo geek

 

Se você (como eu) tem uma paixão por Star Wars, Senhor dos Anéis, Dr.Who e outros, você tem um pezinho no mundo geek. Se você (como eu) já virou noites jogando o RPG de mesa Dungeons & Dragons, parabéns, você É geek.

E se você faz parte dessa galera, é legal expressar seu amor pelas roupas, não é mesmo? Só que este é um estilo mais complicadinho de usar no trabalho, por exemplo – se você trabalha em algo mais formal – por remeter muito ao mundo infantil, por causa das cores e dos elementos de fantasia.

Massss, tudo é possível com as peças certas. Vamos ver os exemplos de como incorporar o estilo geek no trabalho?

geek-01

Aqui eu utilizei as cores como referência para 03 conjuntos: um formal, um de lazer e um casual.

O Conjunto 01 é inspirado nas cores da roupa da Mulher Maravilha.

O Conjunto 02 é inspirado no universo do Mario Bros.

E o Conjunto 03 é inspirado nas roupas dos Jedi em Star Wars.

Agora, se o se trabalho é muuuuito formal mesmo, se fica difícil ir tão “colorida” para o trabalho, é hora de apelar para os acessórios! Pra você sempre lembrar do seu lado nerd 🙂

geek-02

Estes acessórios combinam com os 03 conjuntos. Tem colar do Martelo do Thor, anel do Lanterna Verde, pingente do Dr.Who, colar da Mulher Maravilha, e anéis do Capitão América e de Star Wars. Ou seja, tem para todos os gostos…rs veja que foquei em acessórios em prata ou dourado, para ficar mais discreto e combinar com as roupas.

Gostou? Odiou? Quer tirar sua dúvida sobre roupas? Escreva nos comentários!

 

Tshirt: Dicas de uso (para mulheres)

tshirt

 

Mais um tema que frequentemente gera dúvidas: Quais as melhores maneiras de se usar uma tshirt quando você é mulher?

Começando pelo começo. É de fundamental importância observar a proporção da camiseta que você vai comprar. Faz muuuuita diferença no conjunto.

Observe se:

– A costura do ombro fica certinho no ombro (se não chega a cair pelo braço);

– A manga, se não tem a boca muito larga (a parte da bainha) e se não é comprida demais, passando da metade do braço;

– A largura em geral. Se você vai pegar uma tshirt reta – estilo masculina – veja se a largura fica ajustada no quadril. Se for uma tshirt feminina é mais fácil, pois ela já é feita nas proporções femininas.

Obs: Se você quer muito uma tshirt que você só encontrou num tamanho masculino, e que ficou grande para você em qualquer dos requisitos acima, recomendo a você customizar a peça.

Agora que você já sabe o que precisa de atenção na hora da compra, vamos às combinações.

Observe que todas as combinações têm em comum

– Equilíbrio de proporções: Se a parte de cima é larga – no caso, a camiseta – a parte debaixo automaticamente é mais ajustada ou acinturada, para compensar.

– Acessórios: Sendo a camiseta uma peça básica, o que deixa ela legal no conjunto são os acessórios que fazem par com ela, assim como os sapatos, e em alguns casos até a bolsa.

– Toque feminino: Uma maquiagem legal, um par de brincos, cabelo bacana, tudo isso ajuda a compor o conjunto de forma mais feminina.

Observação: Só queria dizer que essas dicas eu testei e aprovei, mas é tudo uma questão de escolha. Se você gosta de usar camiseta largona com jeans e tênis, é óbvio que você não será menos mulher por causa disso. Se você se sente bem, ninguém tem que se meter 😉

dicas-tshirt

 

Conjunto 01: Jeans skinny + camiseta + colete jeans ajustado. Truques: Sapatilha colorida, batom colorido e muitas pulseiras.

Conjunto 02: Legging com detalhe em tecido com brilho + camiseta + botinha. Truques: Lenço colorido, bracelete.

Conjunto 03: Saia longa + camiseta por dentro da saia (pode deixar um “fofinho” se você quiser, entre a camiseta e a saia). Truques: Sapatilha de bico, maxi colar, relógio.

Conjunto 04: Short ajustado + camiseta. Truques: Chinelinho, faixa de cabelo, relógio.

Gostou? Quer alguma dica de roupa? Envie pelos comentários!

Cores: Como introduzi-las em seu guarda roupa

cores

 

Essa é uma pergunta que ouço frequentemente. Talvez você esteja presa(o) nas cores neutras – principalmente o preto – e tenha um desejo por aquele “algo a mais” no vestir. Introduzir cores no guarda roupa é possível e eu acredito que vale a pena. Segue abaixo um passo a passo para você começar a colorir sua vida suas roupas:

– Escolha a cor de seus sonhos. Qual é a cor que você adora mas não usa? Comece procurando por esta cor. E sem preguiça hein! Não é cor parecida, nem “mais ou menos”, nem “ah, tem essa é que quase no tom, já tô na loja mesmo…” nem nada disso. Encontrar a cor que é perfeita para você vai ajudar muito no processo de colorização do seu vestir.

– Veja se a cor combina com a sua pele. Esse é um teste bem legal que aprendi numa consulta de visagismo. Você coloca a peça logo abaixo de seu pescoço, na frente do espelho, e observa como parece a cor de sua pele. Se ela parecer saudável, bingo! Esta cor fica boa em você. Agora, se a pele parecer amarelada, escura – ou esquisita em geral – ela não é tão legal assim.

Observação 01: Se a cor de seus sonhos não ficou legal em você, comece a pensar numa segunda opção…rs

Observação 02: Se você não tem segunda opção, tire umas horinhas pra gastar numa Hering da vida e descubra novas cores, por favor 🙂

– Comece comprando uma peça pequena. Uma bolsa, uma blusa básica, um lenço. Um passo de cada vez, para você se acostumar com a novidade sem sofrer.

– Se possível, compre a primeira peça em um brechó, outlet ou loja bem baratinha. Se por acaso você chegar à conclusão de que a cor testada não é mesmo para você, pelo menos você não gastou muito.

– Por último, combine a nova peça colorida com peças de cores neutras que você ama. Assim diminui a chance de você se sentir uma placa de neon ambulante e quem sabe o amor das outras peças se distribui…rs

E quem sabe? De repente no futuro você se empolga com as cores…hahaha 😛

sheep-52752_640

 

Brincadeiras à parte, segue um exemplo prático, da esquerda para a direita:

1- Calça jeans reta + blusa lisa colorida + sapatilha

2 – Calça jeans reta + camiseta branca + bolsa colorida + sapatilha

3 – Calça jeans reta + baby look cinza + lenço colorido + sapatilha

Untitled-1

 

Envie suas dúvidas pelos comentários!